Post Top Ad

Cientista francês descobre segredo no quadro da Mona Lisa



A obra-prima de Leonardo da Vinci continua surpreendendo os especialistas e provando sua indiscutível imortalidade com o surgimento de detalhes e segredos que são revelados com o passar dos séculos. Desta vez, um cientista francês, Pascal Cotte, descobriu por meio da utilização do Método de Amplificação de Camadas (LAM, na sigla em inglês), que, debaixo da famosa Mona Lisa, há um retrato escondido.
A imagem misteriosa mostra uma modelo olhando para o lado e pôde ser vista depois de dez anos de estudo dessa obra com o LAM, que envolve a projeção de luzes intensas sobre a pintura enquanto uma câmera mede os reflexos das mesmas, permitindo a reconstrução da imagem em camadas coloridas.

Graças a essa técnica, explicou Cotte, “podemos analisar o que acontece dentro das camadas de pintura e podemos descascar como uma cebola todas as camadas do quadro (...) e assim reconstruir toda a cronologia do processo de criação”.

Essa nova descoberta se opõe à teoria generalizada que a Mona Lisa era o retrato de Lisa Gherardini, a mulher de um vendedor de seda de Florença: Gherardini é quem aparece na camada oculta do quadro, e não é a mesma mulher que Mona Lisa. Cotte acrescentou também que, debaixo da superfície, há mais duas imagens: um retrato com a cabeça e o nariz maiores, porém com lábios menores, e outra no estilo da Madonna.

Todas essas revelações surpreendentes causaram um grande rebuliço no mundo dos especialistas em História da Arte, já que alguns resistem a aceitar as hipóteses surgidas com a descoberta.




Fonte: La Prensa
Imagens: BBC



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Post Top Ad

Visite nosso Instagram