Post Top Ad

Era uma vez, uma linda menina que se chamava Chapeuzinho Vermelho... no teatro com um desfecho bem diferente.




Certo dia, como já era de costume, sua mãe pede para ela levar alguns bolinhos de chuva e guloseimas para a vovó.

No caminho a garota se depara com um lobo e é neste ponto da história que o tradicional texto muda, pois o animal, que deveria ser mau, se revela mais uma vítima da ação predatória do homem contra a natureza.

A história fica mais interessante e divertida quando se esquecem de trancar o portão de sua jaula e o lobo resolve deixar o zoológico para dar uma volta, indo direto pra floresta. De repente, o animal se dá conta que está perdido e não consegue mais voltar pra casa.

O lobo guará que Chapeuzinho encontrou nada mais é do que o último exemplar de sua espécie, que foi salvo ainda filhote numa grande queimada ocorrida da floresta. Aflito, ele recorre à garotinha que lhe explica a direção certa para voltar ao zoo.

No decorrer da história surge um guarda ambiental que está à procura do lobo. O guarda explica a Chapeuzinho sobre a necessidade de capturar o animal logo, por se tratar de uma espécie em extinção.Uma vez com fome,o animal corre o risco de atacar, pois não está acostumado nesse habitat urbano.Mas antes que o fujão seja recapturado o público o acompanhará em uma grande aventura com momentos que vão da surpresa à reflexão.

A proposta é apresentar um espetáculo lúdico, educativo e instigante que aborda temas atuais como a ação predatória do homem e suas consequências ao Meio Ambiente. “Fizemos  uma releitura de um clássico da literatura infantil voltada para os dias atuais como forma de inserir no universo infantil questões sérias, sem abrir mão da fantasia”, destaca o produtor Ronaldo Britto.


Fique de olho que em breve incluiremos as datas e locais deste espetáculo em nossa Agenda Cultural.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Post Top Ad

Visite nosso Instagram