Post Top Ad

Ver pornografia antes de um encontro aumenta chances de ele ser bem-sucedido, diz estudos


De acordo com o estudo, ver pornografia ou imagens de nudez fazem com que a pessoa se sinta mais encorajada a interagir com outra.


Foto: imprensa


Recentemente, um estudo publicado pela “Human Communication Research” relacionou o hábito de consumir muito material pornográfico regularmente com a propensão de homens a se sentirem insatisfeitos com o próprio relacionamento. De acordo com Carla Zeglio, psicóloga que é especialista em sexualidade, a pornografia normalmente expõe situações irreais – como a ausência de preliminares em grande parte dos casos, ereções infinitas e orgasmos em todas as relações – que geram expectativas dificilmente atendidas, o que pode motivar a insatisfação.

Porém, de acordo com outro estudo, a pornografia pode trazer alguns benefícios. Um estudo publicado recentemente pelo “Personality and Social Psychology Bulletin” consultou 246 alunos e alunas de graduação heterossexuais e descobriu que assistir a material pornográfico antes de encontrar um parceiro ou uma parceira em potencial pela primeira vez faz com que as chances de o encontro ser bem-sucedido aumentem. A ação também parece ter o mesmo efeito em interações iniciais via aplicativos de mensagens.

Outra situação que também mostrou resultados positivos foi a de visualizar a foto de uma pessoa do sexo oposto sem as roupas por apenas 0,03 segundos. De acordo com os dados levantados pela pesquisa, pessoas que são expostas a essa situação ficam mais inclinadas a participar de encontros às cegas do que aquelas que foram expostas à foto de um peixe.

Por que isso acontece?

De acordo com o estudo, o sexo “solta sua língua”. A ativação do sistema sexual pela pornografia encoraja o uso de “estratégias” que fazem as pessoas ficarem mais próximas de parceiros em potencial. De acordo com o psicólogo Michael Birnbaum, que falou ao site britânico “The Times”, o ato faz com que a pessoa fique mais propensa a revelar informações pessoais, motivando a outra pessoa a ser recíproca. “Consequentemente, você fica com a impressão de que aquela pessoa gosta de você, e reage gostando dele ou dela mais ainda e se comportando de acordo com isso”, ele afirma.









Post Top Ad

Visite nosso Instagram